Skip to content

Loucuras de Verão é nostalgia lapidada

01/01/2011

O epítome da carreira de George Lucas costuma ser a saga “Star Wars” – ou, ao menos, a trilogia original, de incontestável valor artístico – e a sua colaboração com a série Indiana Jones, desenvolvida em parceria com Steven Spielberg. Mas, antes das incursões no cinema-pipoca, Lucas demonstrara um talento de alcance surpreendente a quem só o conhece pelas aventuras interespaciais. Em 1973, quando ainda era um jovem cineasta com muito a provar, realizou o intimista “Loucuras de Verão”, filme teen que seria alçado à condição de clássico em seu nicho, graças à visão madura, nostálgica e irresistível da adolescência americana.

Ambientado numa cidadezinha qualquer no início dos anos 60, o longa concentra a ação numa só noite, durante a qual um grupo de jovens, de amigos a conhecidos, irá se esbarrar e se desencontrar. Para alguns, recém-formados no colégio, seriam as últimas horas ali: no dia seguinte, partiriam para universidades em pontos distintos do País e deixariam para trás famílias, namoradas e tudo mais. Nem por isso, porém, essa será uma noite de acontecimentos extraordinários. É absolutamente trivial e ponderada pelo que há de mais cotidiano – fumar, ir ao baile, comer um cheeseburger na lanchonete, comprar bebida alcoólica sem identidade, flertar com as garotas e dar voltas infindáveis pelos quarteirões em carros tipicamente americanos que servem como indicativo de status (quanto mais estilizado o possante, maior a influência exercida pelo seu dono).

Lucas afirma que a trama foi desenvolvida a partir de suas próprias lembranças de rapaz. Não que ele precisasse evidenciar a familiaridade com o tema: só quem vivenciou aquele tempo e cultura poderia captar as suas particularidades com tamanha precisão e energia. A excelência do elenco e a vibrante reconstrução de época são fatores cruciais para esse retrato. Mas é pelo desvelo com que o roteiro apresenta seus personagens que “Loucuras de Verão” se diferencia. Por exemplo: Curt (interpretado por Richard Dreyfuss) não vê porque começar do zero em outro lugar, sendo que já tem um lar onde nasceu e amigos tão leais ali mesmo. Ele não está errado. Mas Steven (Ron Howard), que sente que deixar o ninho é necessário e que oportunidades maiores lhe esperam lá fora, também tem sua razão. O filme os entende e os apóia mutuamente, independente das divergências de opinião e das perspectivas opostas de vida. A juventude, que teria sido generalizada nas mãos de gente menos atenciosa, é tratada por Lucas com o mesmo respeito com que John Hughes a abordaria na década seguinte: onde se esperavam figuras fúteis, há adultos em formação observados sem pré-julgamentos e moralismos. Os personagens, assim como o público, agradecem pela consideração.

.:. Loucuras de Verão (American Graffiti, Estados Unidos, 1973, Comédia / Drama). Cotação: A-

6 Comentários leave one →
  1. Silrone permalink
    01/01/2011 9:19 pm

    Esse era o Lucas que devia ter seguido carreira.😦

    • 01/01/2011 9:29 pm

      Silrone, sou grato pelo menos à trilogia original de Star Wars, mas outros filmes nos mesmos parâmetros de American Graffiti teriam sido muito bem vindos!

  2. 01/01/2011 11:12 pm

    Nunca assisti a este filme, mas sei que tem nele uma novíssima Michelle Pfeiffer.🙂

    Beijo!

    • 02/01/2011 9:08 am

      Ka, acho que você trocou as bolas!🙂 O filme é de 73, e de acordo com os créditos da Pfeiffer no IMDb, ela só foi dar as caras no final da década. Fiquei me perguntando quem ela teria sido que eu deixei passar despercebido rsrsrs…

      Beijo!

  3. 22/02/2011 6:17 am

    Esse filme é uma delícia. Gosto de STAR WARS, mas Lucas se perdeu nessa franquia. Mais filmes com tamanho sentimento só seriam bem-vindos. Na direção, ele só fez 6 trabalhos em todos esses anos (o primeiro, THX 1158, acho apenas razoável); o resto são derivações da saga espacial. Uma pena.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: